Segurança na cozinha: confira as melhores dicas para evitar acidentes

A cozinha é um dos ambientes mais gostosos de uma casa. É nela que se formam as rodas de conversa, as boas risadas e pratos muito saborosos! A frequência do uso faz com que se torne imperceptível os seus diversos riscos. Nesse post você irá aprender a evitar acidentes na cozinha com as nossas dicas de segurança.

Tanto a cozinha de casa quanto departamentos industriais são ambientes de produção constante, seja para uso diário ou profissional. Ao se aventurar nessa atividade, é preciso uma série de cuidados e atenção, afinal, são muitos os acidentes possíveis. A desatenção por exemplo, pode causar queimaduras e cortes graves.

Casas com crianças precisam de cuidado redobrado. Na bancada devem ficar somente os itens realmente necessários e que não causam nenhum risco, sem fios espalhados pelo chão e as facas sempre guardadas. Todas essas medidas são para que esse espaço possa ser explorado também pelos pequenos, aguçando a criatividade e imaginação deles.

É da cozinha que saem os melhores momentos, sabores e boas risadas. Seja após um almoço de domingo com a família ou um jantar romântico, se todos os cuidados forem tomados de forma adequada, não há razões para estragar a funcionalidade desse cômodo tão querido.

Basicamente, para evitar qualquer tipo de risco para a saúde, são necessárias três coisas: manusear os utensílios corretamente, organizar tudo em seu devido lugar e estar atento(a)!

Continue a leitura e veja só as dicas importantíssimas que a Mg Parts preparou!

6 Dicas para evitar acidentes na cozinha: conheça as principais!

As dicas vão desde comportamentais até a instrução correta de manuseio dos instrumentos, evitar acidentes na cozinha envolve uma série de práticas e medidas realizadas diariamente, é como um trabalho de conscientização que deve ser repetido todos os dias.

O conteúdo desse texto serve tanto para cozinhas domiciliares quanto para cozinhas industriais, alguns desses cômodos por mais frequentados que sejam, ainda são polos de acontecimentos infortúnios.

1. Redobre a atenção

Com a correria diária, a mente acaba por se dividir entre trabalho, estudo, cuidados com a casa e família, são tantos pensamentos que na hora de cozinhar pode faltar a devida atenção. Ao pisar nesse cômodo é necessário alerta dobrado, pois um único descuido pode causar danos nada agradáveis e acabar até estragando um momento que deveeria ser descontraído e relaxante.

Por isso, mesmo nos dias mais cansativos, ao entrar na cozinha tente se manter alerta e saia do modo automático.

2. Mantenha a cozinha limpa e organizada

A segunda dica parece ser muito mais sobre organização e higiene do que de fato sobre prevenção e segurança. No entanto, uma cozinha organizada e limpa diminui consideravelmente os riscos de pequenos incidentes que causam grandes dores de cabeça!

Imagine só retirar um bolo quente do forno e por falta de espaço e organização não ter onde colocá-lo? Mesmo com o pano o calor pode acabar atingindo a mão e provocando queimaduras antes que você consiga um local apropriado.

Outro fator diz respeito a facas e objetos cortantes fora das gavetas. Se caso na residência morem crianças ou idosos, é imprescindível que esses objetos permaneçam sempre em seus devidos lugares. Aconselhamos que os panos de prato devem ficar longe do fogão e as facas, garfos e outros objetos perfurantes devem permanecer na gaveta.

O chão deve ser sempre limpo. Após a produção de uma refeição, pode vir acontecer de o piso ficar com resquícios de gordura ou até mesmo água. Evite lesões e quedas, sempre limpe o chão após cozinhar ou ao menos confira se ele está seco.

3. Saiba como fazer para o óleo não espirrar

Pratos com fritura, apesar de saborosos, podem ser um perigo. Se o alimento não for colocado corretamente na panela, o óleo pode espirrar e causar queimaduras que variam entre simples, moderada e grave. Use uma escumadeira ou outro talher adequado para inserir cuidadosamente os alimentos na panela e se quiser prevenir-se ainda mais, conte com as luvas e aventais. 

As luvas evitam queimaduras muito mais do que os panos de prato. Devido à sua ergonomia, o manuseio e proteção é infinitamente melhor, além da sua própria composição, afinal, as luvas foram feitas exatamente para lidarem com a condução do calor, já os panos de prato, não.

4. Coloque as panelas no fogão da maneira correta

Essa dica é antiga, mas vale ser lembrada. Deixe sempre os cabos das panelas voltados para o centro do fogão. Mesmo estando atento, os acidentes acontecem e é possível que, em um momento agitado, alguém esbarre em um dos cabos das panelas. Além de perder toda a comida, a pessoa ainda pode sofrer uma queimadura do alimento e da panela quente.

Esse é um item que precisa ser muito bem observado para uma casa com crianças, pois a presença delas de modo repentino na cozinha pode ir de encontro a um cabo posicionado virado para fora do fogão, produzindo assim um acidente.

Quando se trata da cozinha, um segundo de distração é o suficiente!

5. Evite facas sem corte

Há de se pensar que os utensílios afiados oferecem um risco maior, porém, é exatamente o contrário. As facas com corte cego resultam em um número maior de acidentes, uma vez que o esforço exigido para que o objeto corte é muito maior. Ao aplicar essa força, as facas podem escorregar e até mesmo perfurar o local errado.

Opte sempre por uma tábua de corte e por lâminas afiadas.

6. Use corretamente os eletrodomésticos e utensílios

Metal no micro-ondas nem pensar, o risco de incêndio é certeiro devido às ondas de calor que em contato com o metal provocam faíscas. Caso deseje saber tudo sobre como funciona o aquecimento do micro-ondas, confira nosso post sobre o eletrodoméstico.

Saber usar a panela de pressão também é fundamental. Elas são extremamente eficientes no cozimento mas se não forem utilizadas da maneira correta, resultam numa explosão que além dos danos físicos, podem manchar as paredes e estragar o fogão.

Confira sempre se a panela está com a quantidade recomendada de água e se a válvula onde sai o vapor está limpa.

Viu só como 6 dicas simples mas que praticadas todos os dias podem se tornar um escudo contra os acidentes na cozinha?

Antes de finalizar, separamos algumas dicas diretamente do Departamento Científico de Segurança da Criança e do Adolescente para equipar ainda mais a casa com todas as medidas protetivas necessárias que reduzem o risco de acidentes na cozinha:

  • Guarde equipamentos mais perigosos em armários altos longe do alcance

de crianças ou se possível com chaves;

  • Manter os fios dos eletrodomésticos sempre guardados junto ao equipamento e nunca soltos pelo caminho;
  • Utilizar as bocas traseiras do fogão para frituras
  • Deixar o botijão de gás do lado de fora da cozinha e em um local de armazenamento seguro.

O que achou dessas sugestões valiosas? Conte-nos aqui nos comentários como você tem organizado a sua cozinha e se conseguiu reproduzir todas as nossas dicas! Compartilhe esse texto com a sua rede de amigos e nos ajude a reduzir o número de acidentes nas cozinhas.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.