Freezer ou geladeira? Entenda como esses eletrodomésticos funcionam

Faz muito tempo que as geladeiras deixaram de ser apenas um eletrodoméstico para armazenamento. Atualmente elas podem ser consideradas como um acessório de decoração para a cozinha. O freezer também faz parte dessa dinâmica, mas muitas pessoas não compreendem qual a diferença entre uma geladeira e um freezer.

Uma verdade é inegável, se você tem uma empresa, uma chácara, mora em uma casa com família grande, ou sozinho, a necessidade de um lugar para armazenar seus alimentos precisa ser atendida, o diferencial aqui está exatamente nas situações a que esse espaço precisa responder.

Tanto para gelar a cerveja no churrasco com a galera, quanto para manter a marmita fresquinha até a próxima refeição, é importante entender como cada um desses aparelhos funcionam para que, na hora de adquirir, não exista tempo perdido com algo que não te atende, ou, ainda pior, dinheiro gasto com um aparelho inútil.

Pensando em te ajudar na próxima compra de peças de reparo, ou de eletrodomésticos novos, a MGParts separou um guia definitivo sobre como encontrar as principais diferenças entre geladeiras e freezer. Para entender melhor, continue lendo o post!

Afinal, qual a diferença entre um freezer e uma geladeira?

Essa pergunta pode ser respondida, basicamente, pela diferença de temperatura em que um freezer e uma geladeira trabalham. No caso das geladeiras, as temperaturas padrão das operações estão acima de 0°C. Esse referencial que indica o ponto exato de congelamento pode ser ajustado entre 1° e 7C°.

Essa média de temperaturas é capaz de preservar os alimentos por um período de tempo que deve ser definido a partir da origem e das características de cada componente ali. A geladeira só é capaz de afastar as bactérias por esse período previamente já determinado, por isso, preste atenção na coloração e odores diferentes do original.

Já no freezer, as temperaturas são programadas para chegar até a escala negativa, com capacidade padrão para atingir temperaturas de -14°C até -25°C. A funcionalidade do freezer também é delimitada por esse intervalo, já que é através dele que o congelamento se posiciona como uma barreira contra a proliferação de micro-organismos.

Como escolher a geladeira o freezer ideal?

como escolher geladeira e freezer

Decidir por um freezer, ou uma geladeira, não precisa ser um grande problema, você só precisa conhecer todas as capacidades de cada um dos eletrodomésticos e encontrar as opções disponíveis no mercado que mais completem sua cozinha com estilo e funcionalidade.

O tipo de armazenamento também deve ser levado em consideração, já que a quantidade de itens, a durabilidade de cada alimento e sua necessidade de ser congelado, ou não, podem interferir completamente no uso dos refrigeradores.

O freezer certo para você

Para uma família de 6 ou mais pessoas, que cozinha bastante e gosta de manter a praticidade na hora de preparar as refeições, o freezer pode sim ser a melhor opção de armazenamento, já que ele tem a capacidade de conservar alimentos por um longo período de tempo sem que eles estraguem ou se deterioram.

Legumes, verduras, arroz, feijão e até refeições prontas podem ser congeladas no freezer, e para deixar tudo ainda mais organizado, separe grupos alimentares em potes distintos, mas atente-se a escolher apenas armazenadores que permitem o congelamento sem contaminar a comida.

O espaço disponível também é uma vantagem inegável do freezer, principalmente aqueles configurados horizontalmente. Esse formato permite o congelamento de peças de grandes tamanhos e quantidades, como cortes inteiros de carne. 

Se você busca uma opção que se encaixe melhor na rotina da sua cozinha, o freezer vertical ocupa menos espaço e se assemelha bem mais com os refrigeradores comuns. Esse modelo permite uma frequência maior na abertura das portas, e mais opções para organização dos alimentos com as gavetas.

Um sonho de geladeira

pessoa sonhando com geladeira

Para quem mora sozinho, ou não tem o hábito de congelar alimentos com tanta frequência, a geladeira padrão é a opção mais prática. Se você prefere refeições frescas, com alimentos naturais e preparados na hora, a capacidade de conservação das geladeiras pode ser uma vantagem.

As geladeiras padrões disponíveis no mercado oferecem sempre a opção de um refrigerador de potência básica já acoplado no eletrodoméstico. Esses espaço é compacto mas pode ser mais que suficiente para núcleos familiares pequenos, ou pessoas que moram em sozinhos, normalmente em espaços reduzidos. 

O mercado atual oferece basicamente 3 modelos principais de geladeiras que prometem se adaptar aos mais diversos estilos de vida. A primeira delas, mais comum nos lares brasileiros, contém apenas uma porta e armazena itens de uma forma mais limitada, porém 100% eficaz.

Uma opção mais “luxuosa”, e quem vem ganhando cada vez mais usuários, são as geladeiras duplex. Com maior espaço interno e compartimentos separados, normalmente o freezer vai na porta de cima, e a geladeira na porta de baixo. A conservação aqui é eficaz, já que ela permite um congelamento mais completo e duradouro. 

O modelo mais atual do mercado, e quem vem se tornam objeto de desejo de muitas pessoas, é a geladeira com tecnologia inverse. Aqui, a parte responsável pelo congelador fica embaixo da estrutura da geladeira, que ganha mais espaço e mais potência, não só de armazenamento, mas também de congelamento.

Gostou das dicas? A gente sabe que entender a diferença entre um freezer e uma geladeira faz toda a diferença na hora de cozinhar e armazenar nossos alimentos. Escolher o eletrodoméstico para nossa casa também é ideal, por isso aqui na MGParts nós priorizamos levar sempre as melhores novidades do mercado até você!

Deixe um comentário