A geladeira está vazando água? Isso pode ser um sinal!

Independente se o seu refrigerador é novo, ou mais antigo, antes de parar de funcionar completamente e começar a estragar bebidas e comidas, esses eletrodomésticos costumam oferecer sinais bem específicos de que alguma coisa não está certa.

Preste atenção na sua rotina de uso dos aparelhos.

Sua geladeira está vazando água? A porta não fecha direito? Talvez seja a hora de acionar um técnico e buscar novas peças de qualidade para realizar essa atualização do refrigerador. Mas, antes de colocar a mão na massa para valer, é importante entender o que cada sinal significa.

Para te ajudar a compreender os problemas, como eles aparecem e quais peças precisam ser substituídas, a MGParts simulou algumas situações que vão auxiliar até os mais leigos sobre as funcionalidades desse eletrodoméstico tão importante para o nosso dia a dia. Continue acompanhando o texto!

Geladeira vazando água? Atenção!

geladeira vazando água atenção

Não tem como negar, vazamentos nunca são bons, e se acontecem com uma frequência cotidiana, podem danificar permanentemente seu refrigerador em diferentes pontos cruciais para seu funcionamento.

Normalmente, essa fonte de vazamento costuma acontecer em pontos distintos, e sua origem também é um indicador importante.

No descongelamento do freezer, alguns pontos de quebra em tubos de drenos e resistências podem provocar vazamentos, e eles normalmente aparecem no chão, embaixo, ou em volta do eletrodoméstico, e até na forma de gotas dentro da própria geladeira.

Esse acúmulo de água pode danificar a geladeira e ser um risco para sua segurança, então tome cuidado!

A solução de ser feita de duas formas diferentes, a primeira delas, a mais prática, é trocar os tubos drenos quebrados quando possível, se esse for realmente o problema. Outra opção, que requer mais paciência e uma atenção especial, é realizar uma limpeza completa dos drenos, que podem estar apenas entupidos, pois é comum juntar alimentos e lodo, mas não se esqueça de pedir ajuda a um profissional.

Para mais dicas sobre manutenção preventiva das geladeiras, confira o post no nosso blog!

A conta de luz está alta? O problema pode estar na geladeira

conta de luz alta geladeira com defeito

Uma casa cheia de eletrodomésticos que são usados diariamente tem um consumo de energia padrão, mas quando os valores começam a fugir do orçamento, é hora de prestar atenção no funcionamento desses aparelhos.

No refrigerador, quando os selos e o motor começam a apresentar falhas internas, sua intensidade de funcionamento aumenta.

Para manter a temperatura estável, a geladeira aumenta o consumo de energia elétrica, e isso reflete diretamente na conta de luz, mas como evitar esse tipo de problema?

Perceber uma frequência no ciclo de liga e desliga, e dentro dessa métrica, observar o número de vezes e a quantidade de tempo que ela permanece assim pode apontar o problema.

A temperatura não está baixa o suficiente? Ou está fria demais?

temperatura alta demais da geladeira

Os sinais mais óbvios e de fácil percepção sobre possíveis falhas no seu refrigerador estão disponíveis quando você presta atenção na temperatura, mas é preciso cuidado.

Mesmo nos estágios iniciais do desgaste, o refrigerador permanece frio, mas é na temperatura de comidas e bebidas que você consegue perceber os sinais de que algo não está certo.

Alimentos congelados a mais de 4 dias permanecem amolecidos? O leite anda azedando mais rápido que o normal? Esses são sinais claros de que a temperatura não está fria o suficiente. Um ajuste manual do termostato pode ser uma solução rápida, mas com o passar do tempo, será necessário uma mudança mais técnica.

O oposto também pode acontecer, quando o freezer forma camadas de gelo muito intensas, ele está mandando um sinal sobre a possibilidade de pausa no funcionamento. A temperatura baixa em excesso representa ciclos muito rápidos, ou um termostato completamente danificado.

Os sinais de tempo também são importantes

Garantir eletrodomésticos de qualidade não evita que eles possam envelhecer e apresentar falhas referentes ao tempo de uso. Uma manutenção eficiente da borracha, por exemplo, pode prolongar a vida útil dos refrigeradores, mas depois de 10 anos de uso o motor já começa a apresentar desgastes irreversíveis de funcionamento.

Quando o resfriamento e o congelamento não são suficientes para manter os alimentos em um condição positiva, significa que a força do motor não é mais suficiente para suas necessidades cotidianas. Muitas vezes, mesmo com as melhores peças do mercado, a única solução para os defeitos constantes é realmente substituir a geladeira.

Manutenções preventivas, atenção e cuidado com cada componente do eletrodoméstico e peças substitutas de qualidade e confiança podem elevar a vida útil de seus aparelhos por muito tempo, e é exatamente por isso que essa deve ser uma prioridade quando as primeiras falhas aparecem.

Atenção aos sinais e monitoramento de atividades pode salvar seu refrigerador, por isso é tão importante conhecer os principais alertas que ele é capaz de oferecer.

A dedicação de uma limpeza correta e a troca de componentes desgastados podem ser os primeiros passos para iniciar esse monitoramento preventivo.

Para conferir outras dicas sobre o universo dos eletrodomésticos, não deixe de visitar outras postagens aqui do nosso blog. Nos vemos no próximo texto!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.