Identificar os sinais que seu ar-condicionado precisa de reparos

Com os dias cada vez mais quentes, ele é considerado por muitos um item indispensável para a rotina de qualquer casa brasileira. Mais do que uma mera questão de conforto, o ar-condicionado ajuda a melhorar a saúde de quem tem acesso aos seus recursos, e não é à toa que a sua ausência causa tanta insatisfação aos consumidores. 

Mas se o seu ar-condicionado não liga, ou apresenta diferentes falhas de funcionamento, é importante prestar atenção nos sinais que cada tipo de falha é capaz de oferecer. Muitas vezes uma simples troca de pilhas do controle do ar-condicionado já pode resolver as falhas, mas é verdade que a situação pode ser bem pior.

O cenário ideal é que no primeiro sinal de falhas você já busque a ajuda de profissionais para evitar danos mais profundos. Para te ajudar nesse processo de atenção dos principais sinais de que seu ar condicionado não está funcionando corretamente, a MG Parts separou um guia com 5 sinais que devem ser levados em consideração. Vamos lá?

Ar-condicionado não liga? Preste atenção no controle

Nada melhor do que chegar cansado de um dia de trabalho, e relaxar num ambiente fresquinho, não é mesmo? Mas se você já está deitado e o controle do ar não funciona, o que fazer? Apesar deste ser um problema bem comum, é importante investigar razões além da bateria fraca.

Arte gráfica com um controle na frente e o sofá e ar condicionado ao fundo

O controle remoto é composto com um sensor infravermelho e uma placa eletrônica, e se a troca de pilhas realmente não funciona, é importante testar esses outros aspectos da sua funcionalidade antes de se precipitar e gastar um valor desnecessário com técnicos.

O primeiro aspecto a ser verificado é o sinal, e para isso basta pegar seu celular e ativar a função câmera para iluminar o controle. Aponte essa luz para a parte superior do controle, onde está localizada a luz de recepção, caso você aperte qualquer botão e ela acender normalmente, significa que o controle não deve ser sua preocupação.

Mas se a luz permaneceu apagada, é bem possível que o defeito do seu aparelho esteja simplesmente no controle, e, para ter certeza, um segundo teste deve ser realizado. Com um objeto pontiagudo, aperte o botão “reset ” no controle e retire as pilhas por 10 segundos. Caso ele não volte a funcionar, será necessário adquirir um novo controle.

Falhas no funcionamento + temperatura que não gela?

Quando o assunto são falhas relacionadas a temperatura que não gela, um teste básico pode normalizar a situação com bastante eficiência. Abaixe seu termostato para 18 graus e deixe-o trabalhar assim por aproximadamente de uma hora. Se o ambiente não diminuir sua temperatura, e você observar que ambas as máquinas, interna e externa estão funcionando, nesse caso o ideal é entrar em contato com empresa autorizada da marca, para uma análise mais profunda.

Técnico fazendo manutenção no ar condicionado em cima de uma escada

Vazamentos no sistema podem ser apontados como o vilão nesse caso de problemas com a baixa temperatura. Quando isso ocorre, se faz necessário localizar o local do vazamento antes de efetuar uma nova carga de gás, sendo importante acionar um técnico de confiança.

Reflexo no orçamento do mês 

A conta de energia desse mês está mais alta que o normal? Caso a rotina da família continua a mesma, mas o valor não corresponde a essa realidade, o ar condicionado pode ter uma ligação nada agradável com a situação. Antes de verificar as possíveis causas, é importante eliminar da cabeça a ideia de que o aparelho consome muita energia, isso é um mito!

Arte gráfica com uma conta de luz com valor alto e ao fundo uma sala de estar

Como qualquer eletrodoméstico, a vida útil do ar condicionado também representa um período bem específico de funcionamento, e quando esse tempo é ultrapassado, os compressores e engrenagens começam a apresentar seus primeiros sinais de aposentadoria. 

O desgaste físico e funcional do aparelho é visível nas opções mais antigas, por isso é essencial abrir mão desse “velho amigo” e deixar espaço para as novas tecnologias, que costumam oferecer opções mais econômicas, como o inverter e sua capacidade de diminuir em até 60% o consumo de energia.

Cheiro desagradável e “pinga pinga”: duas características preocupantes

A higienização é um problema comum na maioria dos aparelhos de ar condicionado, já que ela deve ser realizada pelo menos uma vez por mês, e quando esse cuidado não é tomado, as consequências podem atingir a saúde e o bem estar dos ambientes. 

A obstrução dos filtros de ar com sujeira, poeira e microrganismos, como fungos e bactérias, resulta em um odor desagradável e bem característico que polui as vias respiratórias. A questão da saúde, apesar de super importante, não é a única prejudicada por essa falta de cuidado com o aparelho.

Mulher tampando o nariz na frente e o ar condicionado soltando mal cheiro ao fundo

Essa sujeira também pode levar a goteiras indesejadas, já que o aparelho não consegue completar o ciclo completo de passagem o ar em um filtro completamente tomado por microrganismos indesejados. Caso essas duas situações continuem após uma limpeza, e até troca dos filtros, é um sinal que chegou a hora de encontrar um técnico.

Gostou das dicas? Aqui no blog da MGParts separamos sempre o melhor conteúdo para te manter informado sobre todos os truques e novidades do mundo dos eletrodomésticos. Não deixe de conferir nossas outras postagens!  

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x